20 abril 2006

Monumentos e sitios

18 de Abril é consagrado como sendo dia dos monumentos e sítios. Instituído em 1972 pelo ICOMOS, organismo da Unesco, o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios celebra a diversidade patrimonial.
Em Cabo Verde temos uma diversidade patrimonial que considero inversamente proporcional às ínfimas dimensões geográficas do nosso país, composto por pedacinhos de terra. No entanto, este espólio de monumentos e sítios ainda carece de uma atenção especial, salvo algumas iniciativas como é o caso do programa que a Margarida Fontes nos vem brindando ultimamente. Mas isso é apenas um cheirinho do muito que poderá ser feito em diferentes latitudes.
Tirando a nossa Cidade Velha, agora rebatizada de Cidade de Santiago de Cabo Verde, as iniciativas em prol da divulgação/ preservação dos nossos sítios históricos são muito tímidas. O geógrafo José Maria Semedo falava disso há dias no Jornal da Noite da TCV e tocou num ponto que me fez soltar um berro: "Aaaleluia, alguém já se lembrou de que existe uma tal Alcatraz".
Pois é, J.M.Semedo, homem atento e de faro apontado para todas as direcções, disse que "todos falam da Cidade Velha e ninguém se lembra de Alcatraz", sítio onde ficava a outra Capitania criada na altura do povoamento em que a ilha de Santiago fora dividida nas capitanias do Sul, com sede na Ribeira Grande e a do Norte, com sede em Alcatraz.
O reparo do geógrafo veio mesmo a calhar. Tive o privilégio de visitar o sítio há bem poucos dias e pude constatar a beleza e o aconchego da baía ( foto em cima), o que certamente terá despertad
o o interesse dos portugueses na altura. Os vestígios da presença dos colonos, as marcas da sua passagem são evidentes e não se compreende a razão do total esquecimento deste sítio, um património nacional.
Bem, há dias uma equipa de arqueólogos do Reino Unido, que esteve em escavações no outro lado da ilha, Cidade Velha, visitou o sítio e... talvez se vierem a manifestar interesse em efectuar trabalhos no local, quem sabe o nosso pobre Alcatraz venha a ser relembrado. Assim até poderá bradar: "Cidade Velha, ainda te lembras de que também eu tinha um capitão donatário?"
Mas a nossa diversidade patimonial é espantosa e não se resume àquilo que nos foi legado pela história feita de senhores brancos, escravos, povoamentos, enfim.... Na nossa diversidade patriminial temos montanhas, ribeiras e vales profundos, edifícios, ilhéus, vulcões (muitos extintos), construções heróicas (um Delguédim,
por exemplo), mas também um Pedra Scribida (este abandonado ao Deus dará), enfim ...
Há dias ouvia um dirigente nacional a dizer que "tudo aquilo que as Canárias oferece como potencial turístico nós também temos". Em muitos casos em maior escala!

7 comentários:

Anónimo disse...

Greets to the webmaster of this wonderful site. Keep working. Thank you.
»

Anónimo disse...

Super color scheme, I like it! Good job. Go on.
»

Anónimo disse...

I find some information here.

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

I like it! Good job. Go on.
»

Anónimo disse...

Very pretty site! Keep working. thnx!
»