01 agosto 2008

Casta de cosa ê ess?

Acabo de ouvir isso na RCV, num despacho do jornalista Marco Rocha:
Duas cabo-verdianas em Portugal foram proíbidas, pela Junta de Freguesia de Benfica, arredores de Lisboa, de falarem crioulo no seu local de trabalho, por "perturbarem os colegas que nada entendem".
A medida foi prontamente contestada pelas visadas e pela Associação SOS Racismo que acham ser uma atitude xenófoba. A uma dessas meninas, inclusivê, já foi instaurado um processo disciplinar.
O autarca em causa contrapõe "argumentando" que já recebeu cerca de 5 queixas de colegas que nada entendem e, perturbadas, desconfiam que as moças possam estar a falar delas. Por isso, "a medida APENAS visa salvaguardar o bom ambiente no trabalho".
E se as moças estivessem a falar inglês? chinês, alemão???!!!!
Ulalá, já começo a ficar receoso: É que por cá, no meu trabalho, sempre que'm te ratchá nhe criol escferruntchent de Sintonton, muitos dizem não me entender. Estarei a perturbar alguém?!! Estou preocupado. (ah, qui nada moço, descansá, bo te ne bo terra)

4 comentários:

Valdevino Bronze disse...

realmente m oia ess reportagem..ma ...e o que d'ze de mim enton benvass? Ei pô Fogo m'tid...jam fka preocupod tembé! hehe

Anónimo disse...

Se falarmos no espaço Portugal é compreensível a situação descrita... não é proibído falar crioulo ou qualquer outra língua mas convenhamos que no trabalho há que ajustar o comportamento à realidade!!!

vera disse...

manera bava tude dret? ume entrá ne bo blog, aliás "blog de nôs tude" pe felesse dum cosa que tem a ver k nôs crioulo, e veio mesmo a calhar. Mas nao é negativo, antes pelo contrário.
bom, ume bei passá um fim de semana numa nestas maravilhosas ilhas gregas, claro, nao tao lindas como as nossas...hahah. E sabes o que eu ouvi?? Talvez nao seja assim tao novidade pra ti mas pra mim foi uma alegria muito grande. UME UVI MUSICA DE CESÁRIA ÉVORA num bar disco! Num país tão longe de Cabo Verde, com linguas e uma cultura completamente distintas e ainda por cima num bar disco, em Cabo Verde isto TALVEZ seria impensavel. Eu quando ouvi a musica, estava eu a passar na rua, voltei para traz pus os ohos no DJ E disse VIVA CABO VERDE, VIVA CESÁRIA ÉVORA! E ele levantou o braço e sorriu!
Estás a ver Bava, eles nao percebem nada de nada, ao contrário dos portugueses que conseguem perceber uma ou outra palavra. Eles adoram a Cesária Évora, e quando me perguntam de onde é que eu sou, eu digo: SOu do país da Cesária Évora! E quando digo Cabo verde, eles dizem: Cesária Évora!!!!
Bava, isto é muito bom...eu sinto o orgulho em ser de onde sou, da minha cor de pele e de ser como sou!
vamos dar valor ao que é nosso e nao deixemos que alguem goste mais de algo que é nosso! Vamos valorizar o que nos deixa na boca do e nos ouvidos do mundo inteiro. VIVA CESÁRIA E VIVA CABO VERDE!
lov u.

Josy disse...

oh pá eu ca nao concordo com isso, tipo liberdade de expressao né! na minha turma as vezes quando tou a falar em crioulo oiço 1 "ah tas em portugal por isso fala portugues" eu falo a lingua k eu aprendi a falar e se nao gostas azar teu..
dod ne nhe sinta10!!!