11 junho 2009

Festival Nacional de Violino está de volta

Travadinha é o homenageado
Eleições? A próxima, (in)felizmente só acontece daqui a 2 anos. Por isso, está de regresso à vila da Ponta do Sol, o Festival Nacional de Violino que, no ano passado, não se realizou por causa das eleições autárquicas (má ukiê kum kosa teria a ver k'ot, ein?!!)

Este ano o certame, que deverá acontecer no próximo mês, homenageia o Grande violinista que foi Travadinha, natural de Santo Antão (Janela).

Ai, o grande Antunin Travadinha, de quem muito pouco se fala! Sempre que oiço as melodias deste saudoso filho de Sintadés, fico impressionado com as tchoradinhas de um violino singular.

Como diria Silva Roque, quem nunca ouviu a morna Bulimundo a ser interpretada de forma sublime pelo grande Travadinha?

Nota Biográfica de Travadinha:
António Vicente Lopes, Antoninho Travadinha, foi um músico autodidacta, que nasceu em Santo Antão. Com apenas 9 anos, começou a tocar nos bailes populares, mas só viria a alcançar a fama já nos seus quarenta anos, quando empreendeu uma tournée por Portugal.
Para além do violino, Travadinha tocava também viola (guitarra de 12 cordas), cavaquinho e violão.
Faleceu em 1987, no auge da popularidade.

2 comentários:

benino disse...

para mim um dos melhores do género em Cabo Verde, estive na 1º edição dando assistência na iluminação, e vi que este festival tinha e tem futura. mas, sinto-me triste em saber que a edição de 2008 não se realizou devido a eleições, a cultura tem a sua autonomia, sua força,por isso uma eleição não deveria por em causa a sua realização. "vamos homenagear quem fez, mas muito mais quem tem ainda por fazer"

Benvindo Neves disse...

Concordo contigo: Travadinha foi deveras um violinista singular.

Quanto ao facto de o festival não ter sido realizado no ano passado por causa das eleiçoes... enfim, coisas da minha terra.

Abraço